Maior peso: 121 kg
Atual:
110,2 kg
Meta:
60 kg

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Quadro da semana, entre outras coisas !!!


Oi meninas, obrigada pelas mensagens no post anterior.

Primeiramente quero dar as boas vindas à Dona D, ela me mandou um e-mail querendo participar do desafio, já me informou os 6 hábitos bons que quer adquirir e já enviei as planilhas prontas pra ela. rsrs

Então Dona D, mãos à obra e Boa Sorte pra nós.

***

Meninas, segue meu quadro da semana :


Ontem não consegui beber muita água, por isso não anotei. Hoje também não, está muito frio aqui. rsrs

Ontem fiz 1 hora de Simulador de Caminhada e Localizadas nos braços, ombros e bumbum. Hoje fiz 1 hora e 3 minutos de Simulador de Caminhada e localizadas nos torax, abdomen superior e inferior e cintura.

Hoje chupei 2 balinhas e por ser açúcar, coloquei ela na categoria dos doces, então não cumpri ( _ ).

Ontem eu tomei leite quente com achocolatado e considerei isso como doce ( é doce ), então não cumpri ( _ ).

Esses dias estão muito frios, as noites também.

Amanhã vou ver se bebo os 2 litros mesmo forçada. No chá verde estou tranquila ( X ).

***

Sugiro a vocês esta matéria : 10 exercícios campeões para torrar calorias.

***

Minhas reflexões:

Nesses dias de mudanças em minha vida estava pensando que, para conseguirmos frutos verdadeiros, se quisermos que eles sejam duradouros, que sejam para sempre, a gente tem que se acostumar com o ritmo deles.
De nada adianta uma dieta rigorosíssima, que nos faz eliminar muito peso e muita água, mas que não nos ensina a comer com qualidade. De nada adianta perder 15, 30 ou 50 kg rapidamente se nosso cérebro não aprendeu a comer como pessoas reeducadas.
O meu processo de emagrecimento precisou começar internamente.
Eu precisei, antes de qualquer coisa, me aceitar, me amar e me respeitar.
Tive e tenho que aprender todos os dias a fazer as escolhas certas.
Tive e tenho que aprender a querer dizer NÃO para muita coisa, como por exemplo o refrigerante. Um hábito ruim que me foi ensinado na infância.
Antes eu culpava meus pais por não terem me dado freio, por não terem me ensinado a comer, por terem me ensinado a encher o prato e repetir as refeições se eu quisesse.
A culpa talvez tenha sido deles em ter sempre me dito sim. Mas não posso tirar a culpa de mim, pois quem colocou comida na minha boca fui EU. Nenhum dos dois abriu minha boca e jogou a comida, me fazendo engolir.
O grande erro deles foi ter medo que eu passasse fome ou necessidade, como eles já passaram um dia.
Hoje eu já não os culpo.
Reconheço que a culpada de minha obesidade, que a culpada de eu ter chegado aos 120 kg em janeiro deste ano, foi EU, mais ninguém teve culpa disso.
Espero que meu processo de emagrecimento seja devagar, seguindo o ritmo da mudança dos meus pensamentos, pois não quero que isso seja passageiro.
Quero que minha cabeça se acostume a comer o essencial para a sobrevivência. Quero que meu cérebro entenda que o mundo não vai acabar hoje, que não preciso comer toda a bandeja de pizza ou todos os bombons da caixa.
Quero me habituar a sempre saber que tem o amanhã e que não preciso comer 1 pão inteiro, pois meio pra mim já é o suficiente. Amanhã é outro dia.
Tenho que entender e aprender que, mesmo que eu chegue ao meu peso ideal, serei uma gorda com capa de magra, que precisa se policiar constantemente, pois nunca estarei imune de engordar. 
O grande mal da gente que emagrece muito e muito rápido, é que a gente ACHA que é para sempre. A nossa cabeça pensa: "eu não vou engordar esses 15 kg de uma só vez, então relaxa Cynthia" e não é assim que as coisas funcionam. A prova disso é o nosso efeito sanfona. Fruto de um emagrecimento rápido sem reeducação alimentar.
Precisamos mudar de dentro para fora se quisermos colher frutos duradouros e quem sabe para toda a vida.


Ai meninas, escrevi demais, mas precisava colocar em um papel (virtual) essas minhas reflexões. rsrs

Bjs e Valeu mais uma vez!


7 comentários:

Lívia disse...

A planilha ta ficando quase toda marcadinha de X... Rsrs! Parabéns. Desse jeito vai emagrecer de verdade e não so "perder peso".

Al!ne disse...

Oi Cyntia! Axei teu blog! Vou te seguir!! Bjz!

Elaine C. Melo disse...

Amigaaa, não sabia que o médico tinha detectado esse nódulo no seu seio, mas não se preocupe tudo irá se resolver e vc vai descobrir que não é nada demais...vou orar por vc minha amiga querida!!

Fora isso, estou mega feliz por vc ter emagrecido 2kg, é isso aí!! Estamos juntas sempre uma torcendo pela outra.

Quanto à responsabilidade de engordar ou não acho que temos culpa sim, mas muitas vezes é algo inconsciente, só se torna consciente quando já estamos adultas e o estrago já foi feito, agora é correr atrás do preju né amiga.

Bjusss e se cuida viu!!

Ju disse...

Adorei sua reflexão... concordo com tudo que você disse! Devagar e sempre, chegamos lá!!! Aqui, onde vc mora?!?!!? Pq no meu bairro não tá esse frio todo não! hehehe Bem que eu queria um friozinho!

Beijinhos

Nessa disse...

Lindona, não se culpe tanto. A gente engorda por vários fatores, mas nada que não possa ser recuperado.
Tenha certeza, que a partir do momento que vc se viu necessitada por mudança, realmente a sua cabeça vai te levar para elas e o teu sucesso será garantido tá?
Só não pode desanimar e nem desistir.

Outra coisa, não se desespere por antecedência e nem ansiedade. Vai dar tudo certo e tenha calma. Deus está sempre conosco!
Tenha fé!

Um beijão!!!

Eduarda Ceretta disse...

Conheci teu blog a pouco tempo mas já li vários posts, gostei bastante! Eu comecei uma dieta a poucos dias aliada a academia, e criei um blog-diário onde irei contando o que como, minha perda de peso e dia-a-dia. Para quem quiser dividir sua história e acompanhar - http://projetodudagostosa.blogspot.com.br/

GÉH BABBALOO disse...

Olá flor, eu estou acompanhando o seu blog e me inspirando muito para ser uma ana! Força vamos a luta que a gente chega lá!