Maior peso: 121 kg
Atual:
110,2 kg
Meta:
60 kg

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Aumente a disposição para a corrida com a alimentação

Autor: Marcos Muniz

A alimentação equilibrada, contendo todos os nutrientes, é fundamental para manter o corpo saudável. Os alimentos se relacionam diretamente com a qualidade de vida dos indivíduos, de forma a atuar, também, na melhora do estresse, humor e na disposição física.

Diversos estudos demonstram cada vez mais os benefícios que alguns nutrientes, presentes naturalmente nos alimentos, têm na melhora do bem estar. Eles atuam no cérebro, estimulando a produção e liberação de neurotransmissores - substâncias que transportam os impulsos nervosos, proporcionando a comunicação dos neurônios com as células.

Os principais neurotransmissores relacionados com o bem estar são: serotonina, noradrenalina e dopamina. Essas substâncias são produzidas a partir de alimentos que apresentam: vitaminas C, B6, B12 e ácido fólico; minerais como zinco, selênio e magnésio; aminoácidos tirosina, triptofano e ômega 3.

Sabemos que a atividade física é capaz de melhorar a disposição. Porém, algumas vezes bate uma preguiça para o exercício. É hora de rever sua alimentação.

O aminoácido triptofano participa da produção da serotonina e, por ser um constituinte das proteínas, assim como todos os aminoácidos, está presente, principalmente, em carnes magras, peixes, ovos, leite e derivados. A tirosina, outro aminoácido, participa da síntese de noradrenalina e dopamina. É possível encontrar essas substâncias também na lentilha e no grão de bico.

O ômega 3 é uma gordura que não pode ser produzida pelo nosso organismo, de forma que só conseguimos aproveitar seus benefícios ingerindo alimentos como salmão, sardinha, atum, linhaça. Esse nutriente favorece a comunicação entre os impulsos nervosos e a sensação de bem estar.

A vitamina C fornece ao cérebro os antioxidantes, os quais atuam contra os radicais livres. Já que esse órgão necessita de muito oxigênio para funcionar, a vitamina C diminui a formação dessas substâncias resultantes do processo de oxidação que acontece com a entrada de oxigênio no cérebro. Essa vitamina é encontrada em frutas cítricas como laranja, mexerica, limão, kiwi e morango, no tomate e no pimentão vermelho.

Os minerais (zinco, magnésio e selênio) e as vitaminas do complexo B (B6, B12 e ácido fólico) estão envolvidos na transmissão de impulsos nervosos, produção de energia e serotonina. São encontrados em alimentos como: gérmen de trigo, amêndoa, castanha do Pará, peixes, carne vermelha magra e cereais integrais. A Vitamina B12 só é encontrada em produtos de origem animal como fígado, carnes, ovos. Assim, os veganos precisam suplementá-la.

Para garantir os benefícios que esses nutrientes oferecem na modulação do humor e no aumento da disposição, é necessário também manter hábitos de vida saudáveis. Isto porque, quando o corpo não está saudável, essas substâncias não são sintetizadas de forma adequada e de nada adiantará consumir os alimentos que favoreça a sua produção.

Vale lembrar ainda que certos alimentos fazem o serviço contrário: roubam todo o pique. São os que apresentam elevado teor de açúcar, calorias, álcool, além de corantes e aditivos prejudiciais e que não contribuem com proteínas, vitaminas e minerais. Fuja dos sucos em pó, alimentos ricos em glutamato monossódico (leia rótulos), bebidas alcoólicas em excessos, produtos com gordura trans (biscoitos recheados, bolos industrializados).



Fonte: enviado por e-mail pela Academi Wallstreet: http://www.wallstreetfitness.com.br/

3 comentários:

Lucy Britto disse...

Oi Cyntia
belo texto adorei as dicas para aumentar o pique
e olha que sempre chego as segundas bem desanimadinha
mas vamos lá
belo início de semana a vc
bjss...

Eu Preciso e Vou Emagrecer disse...

oi cintia bom dia flor passando pra lhe desejar uma maravilhosa semana bjus no ♥

Lú Pinheiro disse...

Oi amiga...
saudades...
lembro de vc do início do meu bloguinho
adorei o post
tenha uma ótima semana
bj flor